sexta-feira, 2 de outubro de 2015

TRISTEZA SEGUNDO DEUS


Cada dia que passa estamos vendo a Sociedade descrendo da existência de Deus. Poderíamos evocar aqui as mais diversas razões filosóficas e científicas para isso, mas há uma prova disso muito simples: As pessoas estão perdendo a noção de contrição. Sim, a falta de contrição é a maior razão de que estamos nos tornando distantes de Deus. Sem a contrição pessoa alguma pode chegar-se a Deus, não pode arrepender-se e nunca conseguirá viver a vida cristã de modo real e verdadeiro. Não afirmo que isso é apenas uma manifestação prática nos “descrentes”, mas também nos “crentes”. É a contrição que nos faz abertos a Deus. Definimos contrição como tristeza profunda, aceitação da miséria espiritual e uma real condição sobre nossos pecados.

Sem a contrição podemos chorar, mas não sentir, sem a contrição podemos cantar e não louvar, sem a contrição podemos professar a fé mas sem experimentar Cristo. A contrição é o que torna o crente consciente de que suas ações são obras sem valor algum, que a graça é que nos basta e a aceitação que tudo vem de Deus, até mesmo o sofrimento.

Vivemos um espírito tão vaidoso que perdemos de vista este sentimento tão necessário para nos relacionar com Deus e com nossos semelhantes. A contrição provoca tristeza segundo Deus. Essa tristeza é a consciência de que estamos separados de Deus, que Deus é a única fonte de satisfação para qualquer pessoa e sem Ele jamais teremos vida plena e satisfação plena.

O que mais temos visto são pessoas preocupadas com coisas e não com Deus! Quando não sentimos contrição é sintoma de que nossa noção de arrependimento é superficial. Por isso tantos de nós nos preocupamos com aquilo que comemos, bebemos ou vestimos. Quando nos preocupamos demasiadamente com a forma e com a estética precisamos retornar a contrição real. O mundo e suas vozes existem para nos tornar insensíveis para com Deus.

Não se engane, lute por pensar e se aprofundar em Deus, lute por orar e se ligar a Deus, mas acima de tudo lute por pedir a Deus que mostre seus pecados, lhe revele uma verdadeira noção de pecado. Lute por uma contrição verdadeira, sem a qual ninguém verá a Cristo. Faça isso todos os dias. Não se deixe levar por fantasias. Busque a Deus somente e então se Ele quiser te revelar algo mais, Ele o fará. Por que se fugirmos da contrição, fugiremos de Deus. Cristo jamais desejará salvar quem ele não pode mandar.



Rev. Luiz Augusto

Nenhum comentário: