quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

O QUE SERÁ DE NÓS EM 2015?





O ano de 2015 pode ser difícil. Muito difícil. As previsões econômicas e políticas no Brasil não são otimistas. É bem possível que a inflação continue a crescer. O governo federal já anunciou nesta semana uma série de cortes nos direitos dos trabalhadores.

Poderíamos fechar este ano como muitos fazem, desejando uns aos outros “muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender”. Poderíamos correr a beira-mar para, como tantos, darmos os sete pulinhos quebrando as ondas do mar a fim de que conquistemos todos os nossos desejos. 

Mas meus amigos e irmãos, 2015 só depende de nós! Não há mistério, nem superstição ou simpatia que contribua mais ou menos para nossa vida. Somos resultado do que pensamos, falamos e fazemos. Se o fazemos com Cristo no coração tudo irá bem, mesmo quando acharmos que não está bem. Nosso caminhar sempre será sob as vistas daquele que a tudo vê e a tudo dirige. 

Cabe-nos sincronizar-nos todos os dias com Aquele que tem o mundo nas mãos. Então enquanto caminhamos olhamos para frente, tendo satisfação verdadeira naquele que tem o poder da vida e da morte. Porque quer vivamos, quer morramos somos de Cristo, o Senhor. Isso basta! Um forte abraço, daquele que sempre roga em suas pobres preces por vocês.

Continuemos a caminhada da fé, esperando sempre “novos céus e nova terra, onde habita a justiça”.

Que Deus abençoe o ano de 2015   

Nenhum comentário: