sexta-feira, 29 de março de 2013

RESSURREIÇÃO COM GOSTO, SUOR E CHEIRO!


Certa confusão e equívoco vivenciam os cristãos (evangélicos e católicos) quando o acontecimento religioso que é a Páscoa Cristã. A maioria não se deu conta do âmago da resposta que o próprio Deus promoveu a humanidade quando ressuscitou a Jesus, Nosso Senhor.

A ressurreição de Cristo não teve como alvo principal revelar que Ele foi mais forte que a morte. Isso Ele não precisava provar para ninguém. Ele é Senhor sobre tudo e sobre todos. Até sobre a morte. Esse é um argumento fraquíssimo! Outro argumento que muitos usam nesta época é que a ressurreição de Cristo nos trouxe a esperança de dias melhores sobre a terra. Essa já é uma falácia!

A ressurreição rompe a visão pobre e fraca de um deus fraco e doméstico. Quando Jesus foi ressuscitado, Deus por sua graça mais uma vez abriu um novo mundo, uma nova criação, uma nova terra e um reino eterno e milenar, um reino físico e palpável. Jesus é considerado por Paulo “as primícias” dos que dormem.

A ressurreição de Cristo inaugura também a nossa ressurreição, corporal, física, com cheiro, com gosto (Jesus comeu com os discípulos após a ressurreição) e prometeu que iria beber do vinho depois da consumação com todos os seus.

O Credo Niceno, o mais antigo Credo do Cristianismo afirma: “creio na ressurreição dos mortos”. O Credo Apostólico diz: “Creio na ressurreição da carne”.

Paulo confirma: “Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa fé”. E ainda “os que morreram em Cristo estão condenados”.

Nossa fé não vai apenas até o céu. Vai além. O Lar Celestial não é o limite. O limite é a nova terra, onde todos serão ressuscitados para sua glória e honra, para a paz e alegria do coração e da vida de todos aqueles que durante sua caminhada aqui, viveram para o autor da Vida que é o próprio Cristo, Nosso Senhor.

Portanto, creiamos em algo maior, não em um Deus que apenas pode ter a solução dos problemas corriqueiros, mas, muito mais, em um Deus que pode tornar a viver não somente o ser humano, mas, toda a sua criação novamente. As plantas, as florestas, os animais e tudo que se move criados pelo poder de Deus, serão um dia reconstituídos.

Enquanto isso não desprezemos as Escrituras, nem o poder de Deus. Vivamos de acordo como aqueles que haverão de prestar contas Àquele que não somente trouxe à existência a vida, mas também descortinará o Novo Mundo: Novo Céu e Nova Terra.

Feliz Páscoa de Cristo 2013

2 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Desejo-lhe paz de Jesus.
Seu blog é muito bom, e pela escrita nota-se que á alguém que ama Deus e ao proximo.
É lendo blogs como o seu que crescemos e aprendemos, blogs que ensinam sobre uma nova vida e dão esperança nesta vida de correria. Gostei do seu abençoado blog.
Aproveito a oportunidade para compartilhar também meu blog. Peregrino E Servo.
Que Deus continue a abençoar-vos ricamente.
Ps. Se desejar seguir o meu humilde blog, saiba que irei retribuir.
Antonio Batalha.

Milca disse...

Vida e imortalidade! Novos céus e nova terra onde habita a justiça! O olho não viu, o ouvido não ouviu, nem passou pela mente humana o que Deus tem preparado para aqueles que O amam. Seu comentário nos faz descortinar novas visões da vida eterna. Todas com base bíblica; todas devidas ao poder da ressurreição de Jesus Cristo, as primícias dos que dormem. Obg.Rev. Luiz Bueno.