sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

O QUE FAZER PARA VIVER MELHOR NESTE NOVO ANO?

Estamos findando mais um ano, iniciando outro. Fecha-se um tempo, um ciclo de vida, e iniciaremos outro período, mais um ciclo. Ao olharmos para trás vemos como em um filme, muitos momentos, episódios e experiências que vivenciamos. Muitas delas não foram tão boas quanto esperávamos, outras com alegria. Momentos de risos, mas também momentos de pranto e de desespero. Momentos vividos sozinhos mas também com outras pessoas. A vida humana é feita de experiências, de práticas. Não pode ser apenas planejada, mas vivida em relação a Deus, a si mesmo, e aos nossos semelhantes.

Acredito que o Salmo 90 expressa bem esta realidade. Ninguém melhor que Moisés, o legislador e profeta que conduziu o povo de Israel pelo deserto, poderia falar sobre a experiência de vida. A sua convivência na pobreza, como escravo, na riqueza quando na pompa entre a classe nobre, no assassinato cometido, no deserto conduzindo pessoas e na vivência com o Deus transcendente. Todas as motivações e intenções de seu coração acabam por trazer princípios que nos ajudam a viver melhor nossa vida, tão corrida, tão carregada de tantos porblemas e tão abalada por tantos acontecimentos.

Vejamos estes princípios:

1º) Para vivermos melhor neste novo ano, precisamos crer no Deus Providente. Ele diz: “Senhor, tu és o nosso refúgio, sempre, de geração em geração”. Enquanto cremos em Deus como Soberano e Senhor de tudo e de todos, por mais duras que sejam nossas experiências em 2012, manteremos nosso coração em paz. Quando se perde a noção que Deus está no controle, o desespero nos abate e nos destrói. De geração após geração, sempre Deus é Deus. Isso significa que Ele não está pronto a nos satisfazer com nossas necessidades, a trazer para nós coisas boas ou mesmo ser fiel a nós. Ele é fiel a Ele mesmo, mesmo quando nós passamos pelas perdas, tristezas e reveses da vida. Ele é Deus sempre.

2º) Para vivermos melhor neste novo ano, precisamos crer no Deus Imutável. Ele também diz: “Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus”.. Isto é, Ele é Deus de eternidade a eternidade. Daniel afirma que Ele é quem muda o tempo e as estações, remove reis e estabelece reis, ele dá sabedoria aos sábios e entendimento aos entendidos(Dn 2.20-21). Ao contemplarmos Deus assim, nossa vida se sente acolhida e abraçada. Não somos órfãos, temos o Deus que nada foge aos seu conhecimento e domínio. Ele está sobre todos e age por meio de todos. (Ef 4.5).

3º) Para vivermos melhor neste novo ano, devemos reconhecer a nossa condição. Moisés afirma: “Fazes os homens voltarem ao pó, dizendo: “Retornem ao pó, seres humanos!” De fato, mil anos para ti são como o dia de ontem que passou, como as horas da noite. Como uma correnteza, tu arrastas os homens; são breves como o sono; são como a relva que brota ao amanhecer; germina e brota pela manhã, mas, à tarde, murcha e seca. Somos consumidos pela tua ira e aterrorizados pelo teu furor. Conheces as nossas iniqüidades; não escapam os nossos pecados secretos à luz da tua presença. Todos os nossos dias passam debaixo do teu furor; vão-se como um murmúrio. Os anos de nossa vida chegam a setenta, ou a oitenta para os que têm mais vigor; entretanto, são anos difíceis pois a vida passa depressa, e nós voamos!” Moisés nos revela o quanto somos insignificantes diante de tamanha divindade. Ele nos mostra nossa miserabilidade (7,8) nos dizendo que somos pequenos diante desta santidade e soberania. Nos mostra que somos limitados (9-11) e que o ser humano por mais “poderoso” que se possa achar, sua vida física passa a ser comparada ao crescimento de uma graminha do campo. Sejam nossas conquistas grandes ou pequenas, sejamos bem sucedidos ou não, nossa condição e nossa luta por sobrevivência nos desmascara e nos leva a tomarmos decisões que devem nos levar a uma vida de qualidade e sobretudo conscientes de nossa fé e de nosso relacionamento com Deus.
Então, por que não tomarmos as seguintes decisões:

1) Neste novo ano peçamos todos os dias a Deus “Sabedoria” “Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria”. O mundo corporativo está começando a ver que não basta ter conhecimento, é necessário possuir sabedoria. O que é sabedoria? É a prática do conhecimento. Sabedoria significa colocar em prática o que temos conhecido. Por isso Moisés pede isso a Deus.

2) Neste novo ano, peçamos a Deus todos os dias “Alegria”. “Satisfaze-nos pela manhã com o teu amor leal, e todos os nossos dias cantaremos felizes”. Dá-nos alegria pelo tempo que nos afligiste, pelos anos em que tanto sofremos. Porque ele me ama, eu o resgatarei”. A vida daquele que vive para sobreviver é uma vida nublada, cansada, sem luz, sem gosto. Ao olharmos a Deus do jeito que Moisés olhou, a alegria se estampa no coração, a tristeza vai embora e temos motivação, determinação, mesmo que passemos momentos de tristeza.

3) Neste novo ano peçamos todos os dias a Deus “obras”. “Esteja sobre nós a bondade do nosso Deus Soberano. Consolida, para nós, a obra de nossas mãos; consolida a obra de nossas mãos”! Somente quando trabalhamos, agimos em prol dos outros e não em prol de nós mesmos, temos a certeza de que estamos vivendo com dignidade. Viver uma vida egoísta, que vive apenas atrás de “bênçãos” para si, é uma tremenda vida frustada. Peçamos a Deus que façamos nossa vida girar em torno de outros pois somente assim teremos satisfação. “Jesus o Messias viu a obra de suas mãos e ficou alegre e satisfeito” (Is 53.14).

Viva assim e seu novo ano será como Deus quer e não você quer. Será um ano de alegria, pois mesmo diante de suas limitações, você contemplará e conhecerá o verdadeiro Deus que se fez humano para que façamos parte da natureza divina (I Pedro 1.4).

Feliz ano de 2012.
Rev. Luiz Augusto

Um comentário:

Antonio Batalha disse...

Ao passar encontrei seu blog, li algumas coisas e fiquei ciente de que o autor é um vaso nas mãos de Jesus, creio que é algo importante ser-se rendido e submetido ao serviço do Mestre, é bom encontrar blogs onde o autor não tenha medo de desmascarar o pecado venha ele de onde vier. Sei que ninguém é perfeito, mas o que caminha para a perfeição deixa atrás de si o que impede de ser perfeito.
O motivo do meu contacto é que gostava que pertencesse aos meus amigos e seguidores na Verdade Que Liberta, isto é se o desejar.
Que Deus te abençõe, aguardo o seu contacto. Deixo a paz de Jesus e minhas saudações.