terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Evangelizar ou "pescar no aquário dos outros"

..." e farão comércio de vós"... II carta do apóstolo Pedro 2,3

A cada dia que passa, vai se cumprindo a profecia de Cristo. A igreja de Cristo, progressivamente tem visto como os sistemas denominacionais (igrejas locais) e seus "pastores" tem feito comércio dos que desejam viver pela fé. Estou abominando este tipo de igreja. Cansei de ser chamado "evangélico" segundo a idéia popular. Não apoio nenhum evento evangelístico de massa. O evangelicalismo que hoje existe, tem muito mais de exploração de fé mercadológica do que da vivência e da pregação com simplicidade e humildade de Cristo. Não tenho desejo de apoiar ministérios personalistas. Hoje quando se diz: Vou a igreja. A pergunta que se faz é: De qual pastor? A igreja não é de pastor nenhum, de líder nenhum. "Ah vamos a igreja do Pr. fulano, ali a igreja é quente". Vivemos dias de confusão generalizada. Evangelizar, é anunciar a sua denominação. Se isso é evangelizar então não conte comigo. Prefiro a evangelização que passa pelo coração e não o discurso denominacional inócuo, vazio e cheio de chavões evangélicos. A evangelização que se faz por aí, é personalista porque a chamada evangelística tem uma motivação pessoal e não a glória de Deus. Há muita gente que prega o evangelho da igreja Tal. Cada dia mais os pastores-mídia, os mega-apóstolos estão pregando um outro Jesus que o cristianismo primitivo não pregou. E nesta "evangelização" o dinheiro é o foco principal. Não há como ser complacente com a heresia. Se os apóstolos foram vorazes contra a falsa verdade, nós não podemos abrir mão desta tarefa, mesmo que isso nos custe a própria vida. Por isso o Apóstolo Pedro já advertia: Estes, farão comércio de vós...Deus tenha misericórdia! Kyrie Eleison.

Nenhum comentário: